OBRAS MAIS ASFALTO

OBRAS MAIS ASFALTO

terça-feira, 13 de junho de 2017

Fantástico repercute desbaratamento de organização criminosa iniciada na gestão de Murad

Resultado de imagem para Roseana e Ricardo Murad
O Fantástico repercutiu, no último domingo (11), o desbaratamento de uma organização criminosa que usava uma empresa para desviar dinheiro destinado à Saúde do Maranhão. De acordo com o a Polícia Federal, que deflagrou uma operação para investigar os desvios, o contrato com o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC) foi  feito durante a gestão do ex-secretario de Saúde do Estado, Ricardo Murad, em 2003.
O instituto, que geria diversos hospitais pelo estado, foi beneficiado com R$ 100 milhões só durante a gestão de Murad. A empresa era comandada por pelo ex-secretário e Antônio Aragão, que é também presidente do PSDC, no Maranhão. Ele segue preso em Pedrinhas.
Todo o esquema foi descoberta no último dia 2, quando a Polícia Federal deflagrou a operação Rêmora, desdobramento da operação Sermão aos Peixes, que investigou justamente suposto desvios realizado pelo ex-secretário Ricardo Murad. Ele foi tido chefe de uma organização criminosa que desviava recursos da Saúde.
Em nota enviada ao Fantástico, a ex-governadora Roseana Sarney disse apenas que todos os contratos eram auditados em seu Governo. Já a PF, apontou nas investigações “foram identificados fortes indícios de distribuição de valores a agentes políticos, que serviam como padrinhos da Organização Social e auxiliavam o IDAC na obtenção de contratos públicos”.
Já o governo do Maranhão disse por meio de nota que reincidiu o contrato com o IDAC, e que não tinha conhecimento dos desvios praticados.

Nenhum comentário: